Notícias

12/12/2017 - Jovem Pan

Dupla de golpistas é presa pela Rota em hotel de luxo na zona sul de SP


Por: Paulo Édson Fiore

Estelionatários membros do PCC são presos em hotel de luxo em Moema, na Zona Sul de São Paulo. Os dois golpistas foram detidos por PMs da ROTA no final da tarde desta segunda-feira (11) em um dos quartos do Hotel Meliá, localizado na Avenida Ibirapuera, 2.534, graças a uma denúncia anônima.

Ao perceber a chegada dos policiais ao 18º andar do hotel, Felipe Boloni Alves Rosa, de 33 anos, e Vinicius Nunes Paixão, de 32, ainda tentaram fugir, escalando a janela para o andar de cima, mas acabaram presos. Ambos são ligados à facção Primeiro Comando da Capital, e Felipe Rosa é o líder de uma quadrilha especializada em golpes bancários.

Com a dupla, foram apreendidos uma quantia em dinheiro, cartões bancários, dois notebooks, uma central telefônica, celulares e máquina de contar dinheiro, além de dois veículos de luxo: um Audi branco e um BMW, preto.

Segundo a Polícia Militar, os suspeitos contavam com a ajuda de um terceiro membro do bando, que trabalha como carteiro e é responsável por desviar os cartões que chegavam para clientes da região de Campinas, interior do Estado.

Com os cartões em mãos, os bandidos tinham acesso aos dados sigilosos das vítimas a quem ligavam, fazendo-se passar por um funcionário do banco, para obter número do CPF, senha e outras informações pessoais.

Em seguida, a quadrilha realizava compras na internet, saques e transferências. Segundo a PM, os dois bandidos já contavam com antecedentes criminais, sendo que Felipe Rosa havia sido preso em 2015, ocasião em que fazia a contabilidade da facção.

Os suspeitos foram encaminhados ao 27º Distrito Policial, do Campo Belo, e autuados em flagrante por estelionato.



AVISO: O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. A DEALL R&I, divisão do IBRACAF Ltda., não avaliza as informações contidas neste artigo nem se responsabiliza por elas.