Notícias

12/12/2017 - CanalTech

Motorista da 99 é flagrado usando carros diferentes para dar golpe em BH


Por: Patrícia Gnipper e Luciana Lobato

Na última sexta-feira (8), uma usuária do app da 99, moradora de Belo Horizonte, publicou uma denúncia em seu Facebook contra um motorista da categoria 99Pop, o serviço de transporte particular da empresa. A usuária reclama de um motorista chamado Deivison, que inicia a viagem antes de buscar o passageiro, rodando pelas ruas da cidade para que a corrida saia mais cara do que deveria.

Segundo Luciana Lobato, no dia 4 de dezembro ela fez o chamado de uma corrida, aceita por Deivison. Coincidentemente, ela havia conversado com uma pessoa que havia tido problemas com este motorista naquele mesmo dia – problema este que se repetiu com ela. O valor cobrado por sua corrida foi o de incríveis R$ 321,96, sendo que o motorista rodou, no total, 212,50 km em 104 minutos. "Eu tive que ficar somente esperando e olhando meu dinheiro ser roubado", desabafou a usuária.

Isso porque, segundo Luciana, ao ligar para a central de atendimento, a resposta obtida foi a de que não seria possível cancelar o chamado, nem pelo app da usuária, nem pela central. "Somente o motorista tem esse poder, o que faz com que o cliente fique esperando a boa vontade de um bandido como esse Deivison", disse Luciana, que contou, ainda, o seguinte: "O atendente me instruiu a esperar até que o motorista encerrasse a corrida e, depois, enviar prints por e-mail para a central, para que a situação fosse avaliada e o dinheiro devolvido".

Contudo, depois de quatro dias, a usuária ainda não tinha obtido a confirmação do estorno do dinheiro. "Ou seja: a 99 possui um sistema que permite que qualquer motorista saia roubando seu dinheiro sem que você possa fazer nada, e depois demora para tomar as devidas providências", seguiu o desabafo da usuária.

Caso recorrente

Para piorar, o atendente que conversou com Luciana disse que o motorista Deivison já havia praticado o mesmo golpe anteriormente com a 99, que, por sua vez, havia bloqueado a conta do motorista. Mas uma suposta falha no sistema fez com que ele continuasse rodando, e, inclusive, chegou a alterar o modelo e placa de seu veículo no aplicativo depois da denúncia.

Mas, enquanto a 99 disse que a falha seria rapidamente corrigida, e que o tal motorista "com certeza não voltará a trabalhar na 99Pop", alguns dias depois a Luciana viu no Facebook uma outra pessoa reclamando do mesmo problema, com o mesmo condutor.

Com a palavra, a 99

Procuramos, então, a 99 para explicar o seu lado da história. Por meio da assessoria de imprensa, a empresa disse que "identificou ocorrências de cobrança irregular por parte de alguns motoristas do aplicativo", recomendando aos passageiros "que tenham identificado qualquer suspeita deste tipo de incidente que encaminhem as informações para a 99" por meio da página de contato em seu site.

"As denúncias serão apuradas e, em caso de confirmação, a 99 vai ressarcir o passageiro prejudicado e bloquear o acesso do motorista em questão ao app da 99" pois, também segundo a empresa, "no momento, o aplicativo já está protegido contra este tipo de ação".



AVISO: O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. A DEALL R&I, divisão do IBRACAF Ltda., não avaliza as informações contidas neste artigo nem se responsabiliza por elas.