Notícias

11/12/2017 - Rápido no Ar

Idoso pula de veículo e evita golpe do bilhete premiado no centro de Limeira


Por: Lucas Claro

Estelionatários tentaram aplicar o golpe do falso bilhete premiado na manhã desta segunda-feira (11), no centro de Limeira. Um aposentado de 68 anos contou a reportagem do Rápido no Ar, que desceu do ônibus na rua Carlos Gomes, quando foi abordado por um homem educado e bem vestido.

O rapaz perguntou se ele conhecia bastante a cidade, porque estaria precisando de ajuda, uma vez que era morador de Iracemápolis. O idoso disse que morava em Limeira e acompanhou o indivíduo até um veículo Citroen, de cor prata.

Ainda de acordo com o relato da vítima, no carro havia um outro homem que afirmou que foi premiado na quina com o valor de R$ 1,2 milhão, mas estava enfrentando problemas para retirar o dinheiro já que não sabia ler e nem escrever e também não possuía conta em banco. Ele pediu para que o idoso entrasse no carro para poder ajuda-lo.

O estelionatário disse ainda que precisaria de duas testemunhas e que caso o idoso o ajudasse a receber o prêmio seria recompensado com o valor de R$ 50 mil – “O rapaz tinha uma lábia que eu vou falar para você viu. Ele engana até o Papa” – contou o aposentado.

O outro rapaz disse que poderia ajudar com R$ 12 mil que teria no banco e perguntou para o aposentado se ele tinha conta em banco ou poderia fazer algum empréstimo para que eles repartissem a bolada.

Bastante assustado e nervoso o aposentado percebeu que se tratava de um golpe – “Eu pensei na hora essa é a conversa é a do conto do vigário” – afirmou
O idoso esperou que os estelionatários virassem para conversar e abriu a porta do carro e pulou do veículo que estava estacionado. Ele então correu até uma farmácia – “Eu fiquei apavorado, estou tremendo até agora” – contou o aposentado.

Ele foi orientado pela reportagem e encaminhado para o 1º Distrito Policial onde um boletim de ocorrência foi registrado.



AVISO: O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. A DEALL R&I, divisão do IBRACAF Ltda., não avaliza as informações contidas neste artigo nem se responsabiliza por elas.