Notícias

06/12/2017 - Diário do Nordeste

Suspeitos que planejavam golpe no seguro DPVAT são presos pela Polícia Civil

Contratados pelos mandantes do crime afirmaram que receberiam R$ 150 pelo serviço

Quatro suspeitos de planejar a aplicação de golpes no seguro DPVat (Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre) foram presos, em flagrante, pela Polícia Civil, por meio da Delegacia Municipal de Itapajé, a 140 km de Fortaleza. A investigação apurou que dois estelionatários cooptavam pessoas a fim de atuar nos crimes. Em contrapartida, os suspeitos recompensavam as pessoas em dinheiro pelo serviço ralizado.

De acordo com a Polícia Civil, José Iran Teixeira Matos, 49, e Francisco Josian Silva Gomes, 30, contrataram os envolvidos identificados como Antônio Narcélio Sousa Vaz, 35, e Arnóbio Nascimento Silva, 28. Os mandantes eram responsáveis por facilitar a emissão de documentos necessários para dar entrada no seguro. José Iran e Arnóbio Nascimento possuem antecedentes criminais por porte ilegal de arma de fogo. Todos foram autuados por tentativa de estelionato e associação criminosa.

Segundo o delegado André Firmino, os homens contratados já eram investigados por participação nesse tipo de crime e, por isso, quando questionados, confirmaram o recebimento de R$ 150 pelo serviço. Com essas informações, a os investigadores chegaram aos mandantes do estelionato, com posterior confirmação da tentativa de fraude.



AVISO: O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. A DEALL R&I, divisão do IBRACAF Ltda., não avaliza as informações contidas neste artigo nem se responsabiliza por elas.